Justiça do Trabalho confirma dispensa por justa causa de funcionária que se recusou a se vacinar contra a covid 19.

O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (TRT-2) manteve a demissão por justa causa de uma funcionária que prestava serviços em um hospital e, sem qualquer justificativa plausível, não compareceu no dia marcado para vacinação contra a covid-19, disponibilizada de forma emergencial e prioritária ao grupo de trabalho ao qual pertencia.